Convite intervenção e oficina no Sesc Belenzinho – SP

Intervenções Barlavento e oficina de construção de cata-vento sonoro no Sesc Belenzinho – SP Intervenções: 17, 18 e 20 de novembro, das 15h às 17h.Oficina: Do dia 21 ao 25 de novembro – quarta a sexta das 19h às 21h30;

Convite intervenção e oficina no Sesc Belenzinho – SP

Intervenções Barlavento e oficina de construção de cata-vento sonoro no Sesc Belenzinho – SP Intervenções: 17, 18 e 20 de novembro, das 15h às 17h.Oficina: Do dia 21 ao 25 de novembro – quarta a sexta das 19h às 21h30;

Marimba-circular

Marimba-circular: oito teclas de vidro são dispostas circundando o eixo vertical do catavento de cinco pás de tecido. Cada tecla possui uma baqueta independente que é tocada por sistema de alavancas de cordas. Esse sistema é tocado tanto pelo movimento

Marimba-circular

Marimba-circular: oito teclas de vidro são dispostas circundando o eixo vertical do catavento de cinco pás de tecido. Cada tecla possui uma baqueta independente que é tocada por sistema de alavancas de cordas. Esse sistema é tocado tanto pelo movimento

Barbatana

Barbatana: quatro espátulas são dispostas no eixo vertical. Pelo eixo horizontal sete pás de madeira giram uma estrutura de madeira que possui arcos de bambu. Ao girar, os bambus entram em fricção com as espátulas e o som é emitido.

Barbatana

Barbatana: quatro espátulas são dispostas no eixo vertical. Pelo eixo horizontal sete pás de madeira giram uma estrutura de madeira que possui arcos de bambu. Ao girar, os bambus entram em fricção com as espátulas e o som é emitido.

Tambor

Tambor: no eixo horizontal quatro pás de tecido giram e dão movimento às três baquetas que estão ali unidas. Em uma estrutura independente um tambor é disposto para receber as batidas das baquetas. Para este cata-vento recebemos o auxílio de

Tambor

Tambor: no eixo horizontal quatro pás de tecido giram e dão movimento às três baquetas que estão ali unidas. Em uma estrutura independente um tambor é disposto para receber as batidas das baquetas. Para este cata-vento recebemos o auxílio de

Rebanho

Rebanho: três pás de tecido giram um eixo vertical que possui uma palheta na parte inferior da estrutura. Em sua circunferência são dispostos cincerros independentes com um sistema de alavanca de corda. Com o giro a palheta toca a corda

Rebanho

Rebanho: três pás de tecido giram um eixo vertical que possui uma palheta na parte inferior da estrutura. Em sua circunferência são dispostos cincerros independentes com um sistema de alavanca de corda. Com o giro a palheta toca a corda

Rabecão

Rabecão: seis cordas são tensionadas pela circunferência de uma cabaça sustentada longitudinalmente pelo eixo horizontal do cata-vento de seis pás de tecido. Esse conjunto ao girar, permite que as cordas entrem em fricção com um arco de sisal e o

Rabecão

Rabecão: seis cordas são tensionadas pela circunferência de uma cabaça sustentada longitudinalmente pelo eixo horizontal do cata-vento de seis pás de tecido. Esse conjunto ao girar, permite que as cordas entrem em fricção com um arco de sisal e o

Berimbau

Berimbau: uma corda é tensionada em uma cabaça unida a um bambu. Ocata-vento com oito pás de madeira possui um palheta de bambu em seu eixo horizontal.Ao girar, a palheta toca a corda que ressoa a cabaça. Quando o vento

Berimbau

Berimbau: uma corda é tensionada em uma cabaça unida a um bambu. Ocata-vento com oito pás de madeira possui um palheta de bambu em seu eixo horizontal.Ao girar, a palheta toca a corda que ressoa a cabaça. Quando o vento